JALAPÃO                ROTEIRO               DIÁRIO                 FOTOLOG                 CONTATO

REGIÃO JALAPÃO

     “Mistura de deserto, cerrado e savana, o Jalapão abriga um cenário exótico de rara beleza. As dunas do Jalapão lembram os desertos do Oriente Médio, onde descansa uma esplêndida lagoa de água cristalina que reflete as montanhas da Serra do Espírito Santo em contraste com o azul celeste do céu. Esta paisagem de oásis é apenas um dos diversos atrativos naturais que convidam os visitantes a divagarem em contemplações visuais. A região toda é cortada por incontáveis riachos de águas puras com suas corredeiras, cachoeiras e piscinas naturais convidativas a banhos inesquecíveis e á prática de esportes radicais. Nele encontra-se a Área de Preservação Ambiental Serra da Tabatinga, que protege espécies nativas do cerrado, como muricis, pequis, ipês e muitas variedades de flores exóticas, além de animais silvestres.”

      “Santuário ecológico situado no leste do estado, reúne atrativos de beleza única, repleto de aventuras e emoções. Cachoeiras, dunas, trilhas e o mistério das águas do Fervedouro, nascente subterrânea, que nos faz flutuar na realidade do sonho de estar em plena harmonia com a natureza, sendo conduzidos à paz e à tranqüilidade Divina.” (fonte: Agencia de Desenvolvimento Turistico do Tocantins).

Como chegar:

      Por ser tão remoto, o Jalapão exige paciência de quem pretende chegar até ele e descobrir suas inexploradas belezas -"sacrifício" completamente recomppensado no primeiro banho de cachoeira.

      Começando a viagem em Palmas-TO, segue-se por Ponte Alta ou por Novo Acordo. É a primeira escolha a se fazer, afinal para conhecer todo o Jalapão deve-se percorrer um percurso circular que inicia em Palmas e passa por Aparecida do Rio Negro, Novo Acordo, Mateiros, Ponte Alta e retorna a Palmas.

      As estradas até Ponte Alta e até Novo Acordo, partindo da TO-050 são asfaltadas, mas a maior parte da viagem é em estrada de terra e de areia e, apesar do sacolejo, vale a pena porque há trechos de belas paisagens. Talvez a pior parte fique mesmo por conta da poeira, mas nada que um bom banho e o céu estrelado do Jalapão não aliviem.

      As estradas entre as cidades, normalmente, são trafegáveis por qualquer veículo, porém para se chegar na maioria dos pontos turísticos é necessário um veículo 4x4.

      Sugestão de Rota pelas principais atrações

      Fenda Sussuapara - pequena fenda escavada na rocha, formando um pequeno cânion.

      Cachoeira do Lajeado - sucessão de pequenas quedas d"água. Agora sim começa o Jalapão: cerrado a perder de vista, chapadas e morros solitários compões a paisagem

      Cachoeira da Velha - o Rio Novo despenca formando duas ferraduras de 100 metros de largura.

      Prainha da Velha: uma praia de areias claras rodeada de mata por todos os lados. Da Cachoeira da velha é só seguir o rio.

      Dunas cor de laranja – caminho para Mateiros

      Comunidade Mumbucas – artesanato de capim dourado

      Fervedouro: um pequeno poço de onde borbulha uma água azul e cristalina em meio à areia branca.  O borbulhar é tão intenso que não se consiga afundar. 

      Cachoeira do Formiga: pequena cachoeira que forma uma piscina natural de águas completamente cristalinas azuladas. É considerado por muitos o banho mais gostoso da viagem. 

                      

         Desenvolvido: Nicoletti

©2002 www.torque4.com.br - Todos os direitos reservados. 

Atualizado: Nicoletti         All rights reserved

Não visualiza as imagens em Flash, clique aqui para download